Quais os Melhores Filmes Portugueses?

O cinema português ainda não é muito apreciado, nem mesmo pelos próprios portugueses, mas existem filmes muito bons, que merecem destaque. Alguns deles encontram-se abaixo e, provavelmente, já terá ouvido falar deles.

  • “O Pátio das Cantigas”

Um clássico do cinema português é o “Pátio das Cantigas”. Este filme é conhecido por todos os portugueses, desde o ano de 1942, em que foi lançado, e muitas das frases marcantes deste filme ainda são repetidas nos dias de hoje. Existe uma versão mais recente, que se encontra abaixo.

  • “O Pátio das Cantigas” (recente)the-walking-dead-rick-grimes-zombie-fence

Em 2015, foi realizada a versão mais recente do clássico “Pátio das Cantigas”. Esta nova versão foi muito criticada, mas conseguiu imensas audiências, numa altura em que se dizia estarem em crise.

  • “A Canção de Lisboa”

Este é outro clássico de Portugal, de 1933, que ficou na memória de todos os espetadores. “A Canção de Lisboa” é um filme que pretende mostrar Vasco e a sua faceta de estudante cumpridor e de “má vida”. Uma comédia inesquecível.

  • “Balas e Bolinhos”

Filme do ano de 2001, que irá deixar toda a família a rir. Um filme que é eleição para os momentos de risada e que nunca irá esquecer.

  • “O Leão da Estrela”

Este foi um filme muito criticado, principalmente por ser um promotor dos valores do Estado Novo. No entanto, tornou-se um filme único, no ano de 1947, e merece o seu tempo.

  • “Aquele Querido Mês de Agosto”

Lançado em 2008, deixou a categoria de “filme” devido à falta de orçamento. No entanto, tornou-se um documentário excelente sobre a emigração.

  • “Non ou a Vã Glória de Mandar”

Este é um filme de 1990 que apresenta uma reflexão do tão conhecido Manoel de Oliveira sobre a História de Portugal.

Vindo do ano de 1962, este é um filme que pretendia transmitir a modernidade vivida nos anos 60, tanto em Portugal, como na sua capital, Lisboa.

  • “O Costa do Castelo”

Esta é uma das mais famosas comédias portuguesas de todos os tempos. Neste filme de 1943, dará risadas do início ao fim!

Leave a Reply